Close

A importância da vermifugação

11 de julho de 2019 Clínica Veterinária, Dicas, Saúde

Há inúmeras doenças nos pets que podem ser causados pelos vermes, que se alojam nos intestinos, fígados, rins.
Por isso é fundamental o tutor administrar vermífugos com a frequência necessária, não só para a proteção do animais, mas para toda a família que convive com ele. E claro, com acompanhamento veterinário.

Existem vários tipos de vermes e o mais conhecido é o Anclyostoma, conhecido popularmente como bicho geográfico que provoca irritações e coceiras sobre a pele dos humanos, e no pet, ele causa perda de peso, diarreia intensa, crescimento lento e enfraquecimento do seu sistema imunológico.

Outro verme comum entre os pets é Dipylidium sp que se hospeda nos pets através de pulgas, causando muita coceira e desconforto a ele.

Um parasita comum em filhos é Toxocara sp., que pode causar diarreia e falta de apetite levando-os a morte se não tratados.

Como evitar a proliferação desses parasitas:
– Cuida da limpeza do ambiente;
– Manter os vermífugos em dia;
– Filhotes precisam ser vermifugados pela primeira vez aos 21 dias de vida, pela segunda vez aos 36 dias e terceira e últimas vez com 57 dias;
– Pets que estão prenhas podem tomar vermífugos apropriados nesse período.

Ao perceber qualquer sinal em seu pet, conte com nossos veterinários para avaliá-los.